gato olhando para o pote de ração

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

5 cuidados que você precisa ter com a ração para gato

Quantas vezes por dia você precisa repor a ração para gato no potinho? Se você tem um bichano em casa há algum tempo, certamente sabe que ele não gosta de alimento que ficou exposto há algumas horas e sempre pede que coloque ração nova, não é?

Os felinos são realmente mais exigentes e estão certos. O alimento exposto muito tempo perde o cheiro e, em alguns casos, até os nutrientes. É por isso que o tutor deve ter cuidado tanto ao comprar o alimento, que deve ser adquirido sempre dentro da embalagem original, quanto na hora de armazenar a ração para gato em casa.

Você tem dúvidas de como guardar o alimento do seu pet corretamente? Veja dicas e nunca mais erre!

1. Ração para gato não combina com o sol

Assim como acontece com a exposição ao ar e umidade, a ração para gato que fica guardada no sol ou em locais muito quentes pode perder as suas propriedades nutricionais.

Por isso, coloque-a, mesmo quando ainda estiver em um saco fechado, em um ambiente arejado e longe do sol.

2. Chão não é local para colocar a ração para gato

Quem tem vários bichanos em casa, muitas vezes, prefere comprar os pacotes de ração para gatos maiores ou até adquire vários, de uma só vez, para ter alimento para o mês todo.

Embora a compra em maior quantidade seja interessante e facilite a rotina, é preciso ter cuidado na hora de armazenar. Mesmo os pacotes fechados e sem uso não devem ser deixados no chão.

Por mais higienizado que seja o local, o chão pode transferir a umidade para a ração para gato. Com isso, a danifica e a torna menos nutritiva. Assim, se você for guardar uma quantidade maior do alimento em casa, coloque em armários ou em cima de estrados de madeira. Além disso, nunca deixe os pacotes encostados em paredes, também para evitar o contato com local úmido.

3. Guarde fechada a ração para gato

Depois que você abrir o pacotinho de ração, deve colocar a quantidade adequada para o bichano e fechar bem a embalagem na sequência. Uma das formas eficazes é enrolar bem o saquinho, fechar com um pregador de roupas e colocar o pacotinho dentro de um pote fechado. Isso evitará o contato com o ar e absorção de umidade.

Caso você adquira embalagens grandes, com mais de um quilo, poderá tirar, semanalmente, a quantidade que usa de ração e colocar em um pote hermeticamente fechado. Já o restante deve ser bem fechado e armazenado, para garantir a constituição nutricional.

Vale lembrar que essas embalagens muito grandes só devem ser compradas por quem tem vários pets em casa, ou seja, quem sabe que em no máximo 20 dias o alimento já terá sido consumido. Caso contrário, mesmo com os cuidados sendo tomados, é possível que a ração, ao ficar muito tempo aberta, acabe umedecendo e torne-se inadequada.

4. Como retirar a ração

Tenha uma canequinha ou dosador exclusivo para retirar a ração para gato da embalagem e colocá-la no comedouro. Não use esse item para nenhuma outra finalidade.

Isso garantirá que o objeto estará limpo, não terá outro cheiro e não estará úmido. Esses pontos são essenciais para garantir a qualidade da ração para gato.

5. Cuidados com o comedouro

Por fim e não menos importante, é preciso ter cuidado com o comedouro. Antes de colocar a ração para gato, ele deve ser lavado e precisará estar bem seco. Após colocar o alimento, certifique-se de que o comedouro não está exposto ao sol.

Gostou das dicas? Qual é o sabor preferido de ração para gato do seu pet? Conte pra gente nos comentários!

Confira mais