leite corta efeito de veneno

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Leite corta efeito de veneno? Mito ou verdade?

Muito se fala sobre a efetividade do leite no tratamento de intoxicação e envenenamento em animais. Será que o leite corta efeito de veneno, ou o seu efeito é apenas paliativo, dependendo da situação? O objetivo deste artigo é esclarecer esta dúvida que muitas pessoas têm.

Para você que tem animal em casa, certamente é desejável mitigar o risco dele se expor a veneno e intoxicação, não é mesmo? Vamos também dar algumas dicas nesse sentido, por isso continue a leitura até o final para saber se o leite corta ou não o efeito do veneno!

Quais as causas de envenenamento e intoxicação em pets?

Quando o pet é intoxicado ou envenenado, existem basicamente duas causas. A primeira é a própria má-fé das pessoas, que dão alimentos envenenados para ele, e a segunda é a ingestão acidental. Além do chocolate, existem outros alimentos que podem gerar reações adversas ao cachorro, como:

  • abacate;
  • carambola;
  • bebidas à base de álcool e cafeína;
  • uva fresca;
  • uva-passa, entre outros.

Se o pet apresentar vômito, diarreia ou apatia, por exemplo, pode ser um indicativo de que ele está intoxicado ou envenenado. Os sintomas costumam variar em função da substância ingerida ou que entrou na corrente sanguínea. Cabe ao dono, portanto, saber o mais rápido possível o que causou esses sintomas e em que quantidade o cachorro ingeriu tal substância.

O leite corta o efeito do veneno?

Em relação à efetividade do leite, a resposta é bastante simples e direta: ele ajuda apenas paliativamente, somente nos casos de ingestão. Em outras palavras, se o pet foi picado por animal peçonhento (como cobra e escorpião), o leite nada poderá fazer, visto que o veneno foi diretamente para a corrente sanguínea do animal. 

No momento em que substâncias tóxicas caem no estômago do pet, elas podem danificar as paredes de alguns órgãos. O leite pode ajudar um pouco, protegendo esses órgãos e neutralizando parcialmente o efeito da substância. O dono do pet deve ir a um hospital especializado com urgência, pois como dissemos, o efeito do leite é meramente paliativo. 

Por que é importante procurar o médico em caso de envenenamento ou intoxicação de animais?

Como falamos, mesmo que o leite tenha alguma efetividade, o certo a fazer é levar o pet ao veterinário o quanto antes. No momento em que o especialista fica sabendo como ocorreu o envenenamento e qual a quantidade ingerida, ele terá a expertise para ministrar o remédio adequado ao pet. O uso do carvão ativado, por exemplo, costuma ser bastante efetivo em algumas situações, visto que a sua ação é de aderir às substâncias tóxicas ingeridas pelo animal. 

Dessa forma, é possível a eliminação dessa toxina pelas fezes, evitando que o pet tenha complicações ou até mesmo venha a óbito. Apesar de ser possível a pessoas leigas ministrar o carvão ativado como medida de primeiros socorros, o ideal mesmo é deixar isso a cargo de um veterinário.

Este artigo esclareceu sua dúvida se o leite corta efeito de veneno? Apenas recapitulando, a sua ação é apenas paliativa, sendo ineficaz quando a substância tóxica ou venenosa entra na corrente sanguínea do animal.

Recomendamos que você mantenha os produtos de limpeza o mais longe possível dele, além de evitar os alimentos que citamos acima. Se o pet apresentar algum sintoma de intoxicação ou envenenamento, o ideal é procurar um médico-veterinário com o máximo de urgência.

Assine a nossa newsletter agora mesmo para receber dicas e novidades sobre o mundo pet diretamente em seu e-mail!

 

Confira mais