enriquecimento ambiental

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O que é enriquecimento ambiental e qual a sua importância para seu pet?

Você sabia que o enriquecimento ambiental pode tornar a vida do seu pet mais saudável e divertida? Essa medida é capaz de melhorar a forma como o seu peludo interage com o local ao redor, fazendo com que ele passe seus dias mais entretido em um playground ou cantinho com estímulos que tentam imitar os que ele encontraria na natureza.

Além disso, o pet é estimulado a se movimentar mais, a aproveitar o seu espaço e a ter uma vivência mais alegre. Dessa forma, ele poderá ter vários benefícios, como melhorar seu relacionamento com outros animais de estimação e humanos.

Quer saber mais sobre o porquê do enriquecimento ambiental ser tão positivo para o seu pet? Continue lendo e descubra!

O que é enriquecimento ambiental?

O enriquecimento ambiental envolve implementar várias medidas para mudar o local no qual o pet vive, adicionando elementos lúdicos que forneçam experiências que melhoram a sua qualidade de vida.

Normalmente, as práticas adotadas têm o objetivo de fornecer experiências novas semelhantes ao que o pet encontraria na natureza. Em consequência, ele também poderá se portar de maneira mais natural enquanto se diverte e emprega melhor os seus sentidos.

Algumas dos itens que ajudam a compor esse ambiente são brinquedos para gatos ou cachorros. No caso dos felinos, há também estruturas com arranhadores, prateleiras (que simulam degraus ou onde podem se deitar), estantes etc. que são colocadas em cômodos. Tais itens permitem ao animal fazer escaladas, dar saltos entre os objetos, se esconder (em nichos ou nas estantes), entre outras atividades.

Plantas, tapetes interativos, objetos mastigáveis (principalmente para cachorros) são outros elementos que contribuem para o enriquecimento ambiental. Quando ele é bem-feito, o seu resultado principal é tornar o lugar atrativo para o pet, o qual pode passar um bom tempo se divertindo nele ou até mesmo descansando.

Quais são os principais tipos de enriquecimento ambiental?

Existem vários tipos de enriquecimento ambiental. Veja alguns dos principais:

  • alimentar — um dos focos é estimular o pet a enfrentar desafios para se alimentar, tal como ocorreria na natureza. Mas os obstáculos são leves. Por exemplo, ao usar um comedouro em que a ração fica oculta e ele precisa encontrá-la. Outra ideia é dar itens mastigáveis e petiscos com texturas diferentes para incentivar a mastigação e o paladar;
  • cognitivo — fomenta o raciocínio, o aprendizado, a memória e a capacidade de resolver desafios do animal, ou seja, sua parte intelectual. Nesse caso, o pet manterá sua mente ativa e desenvolverá habilidades enquanto fica ocupado. Para isso, é possível usar brinquedos, como bolinhas interativas, e definir um minicircuito de treinamento em casa;
  • social — incentiva a convivência do pet com humanos e outros animais (de espécies distintas também) para estimular sua confiança. Com isso, ele poderá perder o medo e se tornar menos agressivo. Para tanto, o pet é integrado em outro ambiente, até mesmo externo (na natureza). Essa prática requer acompanhamento e é recomendada desde a fase filhote;
  • físico — estimula a atividade física do pet e sua interação com o ambiente. Para isso, pode-se fazer esconderijos, obstáculos e desafios usando caixas de tamanhos diferentes, cordas penduradas, estruturas para escalar, substratos (terra, grama, folhas, areia) e outras mobílias distintas. É indicado mudar itens de lugar regularmente para o pet não ficar entediado.

Quais é a sua importância e que benefícios ele gera?

Implementar o enriquecimento ambiental para os pets gera alguns benefícios, como:

  • desenvolvimento de habilidades;
  • diminuição da agressividade;
  • maior estímulo dos sentidos;
  • melhora de problemas gerados devido à convivência em ambientes pobres de estímulos, como questões comportamentais, aumento de peso, doenças, ansiedade, hiperatividade, transtornos compulsivos etc. De certa forma, dá para reduzir o estresse do animal que pode levar ele à perda de pelo e outras consequências negativas.

Como pôr em prática o enriquecimento ambiental?

Se você se interessou em pôr em prática o enriquecimento ambiental em sua residência, temos algumas dicas que podem ser úteis. Veja:

  • para começar, defina qual o tipo deseja ou se pretende implementar vários de uma vez;
  • em seguida, será preciso definir que objetivos pretende alcançar. Quer que o pet supere pequenos desafios? Deseja que ele tenha certa autonomia para poder escolher onde dormir, brincar ou passear? Pretende que desenvolva uma habilidade? Quer que ele tenha contato com novidades constantes que possam animá-lo? Ele precisa interagir com outros pets?
  • após pensar nos resultados desejados, é hora de adquirir os objetos que comporão o ambiente em que o seu peludo ficará. Você também poderá usar a criatividade para produzir brinquedos e outros itens divertidos para ele.

Algumas mudanças no local em que o pet vive e o incremento de objetos interativos podem melhorar muito o bem-estar do seu companheiro peludo, além de colaborar para que ele se relacione melhor com você e com outras pessoas e animais. Por isso, vale a pena investir no enriquecimento ambiental!

Se você tem um gato, outro conhecimento que pode ajudar você a melhorar o relacionamento com ele é conhecer o seu tipo de personalidade. Nesse caso, confira o artigo especial que preparamos sobre esse tema!

Confira mais