mulher aparando os pelos do cachorro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Pet Care: como ele pode ajudar a aumentar a receita do seu negócio

O mercado pet é um dos poucos que consegue atravessar crises econômicas sem grandes dificuldades. Isso se deve à mudança de comportamento dos tutores observada nas últimas décadas. Sentindo no dia a dia os benefícios do convívio com animais de estimação, as pessoas os têm como membros da família e fazem o que está ao seu alcance para garantir-lhes bem-estar.

Esse é o conceito Pet Care, em que há a preocupação com a qualidade de vida dos animais. Quem gerencia um pet shop precisa se manter constantemente atualizado justamente para suprir essa nova demanda por cuidados verdadeiros. A boa notícia, entretanto, é que priorizando produtos e serviços de excelência, as chances de o negócio ser mais rentável são maiores

Afinal, como o Pet Care pode aumentar a receita do pet shop? Quais são as tendências para o setor? Continue conosco e se inspire para se destacar da concorrência!

Ofereça variedade de produtos

Para que a sua loja esteja sempre entre as principais escolhas dos tutores, você precisa oferecer o que eles procuram. Porém, fuja do básico. Tenha em suas estantes uma ampla variedade de produtos que estão em alta e deixe que o cliente se sinta livre para optar por eles.

Prove para a clientela que, no seu pet shop, pode-se encontrar tudo o que precisam. Entretanto, sempre busque por fornecedores de qualidade — lembre-se de que essa é a base do Pet Care.

Aposte na alimentação de qualidade

Os tutores têm estendido os cuidados com a própria alimentação aos seus pets. Isto é, eles também estão preocupados em oferecer alimentos saudáveis, nutritivos, que melhorem a saúde e aumentem a longevidade de seus peludos.

Além disso, também cuidam de seus pets conforme o seu estilo de vida. Então, aposte em alimentos naturais, veganos ou funcionais, por exemplo, que são promotores da saúde e regulam o organismo dos animais.

As rações estão entre os produtos mais vendidos, mas, para se tornarem mais rentáveis, é preciso focar o diferencial de cada marca.

Disponibilize serviços de valor

Além de produtos, um pet shop completo disponibiliza serviços para os tutores. Porém, são serviços de excelência, que valorizam o cuidado que os tutores têm com seus pets. Ou seja, são realizados com a atenção e o carinho que eles esperam.

Então, você pode oferecer serviços de banho e tosa, dog walker e pet sitter, por exemplo, ou simplesmente consultas valiosas sobre medicamentos, produtos e alimentação. Contudo, é importante investir em uma equipe qualificada para entregar a qualidade prometida.

Se você não pode contratar profissionais já qualificados, busque formas de capacitar o seu time. Poucas coisas são tão atrativas para os clientes quanto o conhecimento e a autoridade no assunto que um especialista apresenta.

Lembre-se dos felinos

Mesmo que os cães sejam maioria entre os pets por aqui, a tendência é de que os gatos virem o jogo. Isso é o que mostrou o Censo Pet realizado pelo Instituto Pet Brasil, cujos números apontam um crescimento de 8,1% de felinos nos lares brasileiros, contra 3,8% de cachorros.

Se o fascínio das pessoas pelos felinos continuar nessa linha, tudo indica que, em alguns anos, o número de gatos vai ultrapassar o de cachorros no Brasil. Por isso, reserve um bom espaço na sua loja para atender às demandas de seus tutores, que costumam ser tão exigentes quanto seus bichanos.

O mercado pet se mantém aquecido, mesmo em tempos conturbados, graças ao amor e aos cuidados que os tutores dedicam aos seus animais de estimação. Tutores estes que são os seus clientes. Portanto, o Pet Care é uma das maneiras mais acertadas de inovar o negócio, disponibilizando produtos, serviços e consultoria de qualidade.

Nossas dicas foram úteis para você? Então, continue se aprofundando no assunto e saiba mais sobre o crescimento do mercado pet no Brasil!

Confira mais