gato saudável

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Principais sinais de que seu gato está saudável!

Cuidar de um gato envolve muitos aspectos, desde dar o alimento, cuidar do pelo, manter as vacinas e vermífugos em dia e ficar atento ao comportamento (a linguagem) do felino.

Esses cuidados precisam ser redobrados quando o pet é filhote, mas é importante ter essa preocupação de notar sinais incomuns no bichinho durante toda a vida dele, para assim, atestar que ele seja um gato saudável.

Mas como ter a garantia de que o pet está com a saúde em dia? Continue a leitura para conferir nossas dicas!

Verifique o focinho do gato

O único ponto que você precisa ficar atento é se o focinho está úmido. Estando assim, já é um bom sinal de que seu felino pode estar bem de saúde.

E fora isso, não é preciso ter nenhum cuidado a mais com o focinho, já que o próprio gato faz a sua higienização. Portanto, ele estando úmido, já é uma questão a menos para você se preocupar.

Analise se as orelhas têm secreção

As orelhas de um gato saudável não apresentam odores nem secreção, mas ao contrário do focinho, que não precisa realizar algum tipo de limpeza, com as orelhas, os tutores necessitam ter uma atenção maior.

Mas esse cuidado é fácil de ser feito no dia a dia, bastando limpar as orelhas do bichinho com um chumaço de algodão.

Outro ponto que você precisa se atentar é em relação à coloração das orelhas — elas estando normais têm um tom rosado — e se o bichinho está coçando-as demais e balançando a cabeça bruscamente. Caso isso aconteça, leve-o imediatamente ao veterinário

Observe o aspecto dos olhos

Os olhos saudáveis de um gato apresentam um aspecto vivo, brilhante e uma aparência úmida. Portanto, caso você note algo diferente disso, acenda um sinal de alerta — por exemplo, vermelhidão ao redor dos olhos não é algo normal, muito menos um lacrimejamento constante e secreções.

E assim como as orelhas, é importante adicionar à rotina de cuidados dos felinos a limpeza dos olhos. Desta forma, você evita o acúmulo de remelas e problemas maiores, como infecções oculares e até a cegueira do bichinho.

Avalie a saúde bucal do felino

Por mais que seja desafiador observar a boca de um gatinho, especialmente quando é um pet agressivo, esse procedimento é fundamental para garantir que ele esteja saudável.

Por isso, escolha um momento em que seu bichinho esteja mais calmo, e analise a coloração da gengiva e da língua — elas devem estar sempre rosadas, pois se apresentar um aspecto mais pálido pode ser um indício de anemia ou outro problema.

Outro ponto referente à saúde bucal do felino é verificar se ele está com mau hálito. E isso você pode notar de forma fácil, por exemplo, quando ele abrir a boca em momentos de brincadeira, ou quando ele morder algum objeto e deixar um mau odor nele, sendo assim deve realizar a vistoria dos dentes e gengivas, pois quando instalado o cálculo dentário (tártaro) e consequentemente a gengivite (inflamação das gengivas) geralmente são os responsáveis por esse odor. Assim levar o gatinho ao especialista.

Fique de olho nos pelos do gato

A troca de pelo dos gatos é um processo natural, mas essa queda pode ser preocupante quando começa a apresentar falhas ao longo da pelagem do felino.

Por isso, é importante ao alisar ou escovar os pelos do gato sempre observar se existem buracos ou falhas, e também a presença de parasitas ,caspas, seborreias  e outras deformidades — e esse cuidado precisa ser redobrado com os felinos de pelos compridos. Além disso observar o aspecto da pelagem quanto a aparência e textura, pois um gato saudável e bem nutrido apresenta um pelo brilhante, macio e sedoso.

Adicionar todos esses passos nos cuidados diários do felino é fundamental para ter um gato saudável. Além de garantir que o seu bichinho esteja feliz e tenha uma longa vida pela frente.

Gostou das nossas dicas? Então confira nosso artigo sobre gatos castrados para entender ainda mais sobre o universo dos felinos!

Confira mais