roteirização de entregas

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Roteirização de entregas: entenda a importância para sua distribuidora

Um dos fatores mais importantes nas operações logísticas é cumprimento dos prazos de entrega sem que haja perda da qualidade na prestação desse serviço, tampouco o aumento no seu custo. Para que seja mantida a boa reputação da sua distribuidora é necessário buscar soluções que garantam isso.

A roteirização de entregas se encaixa perfeitamente nesse contexto, como uma potente ferramente que ajuda na otimização das rotas garantindo mais agilidade, economia e eficiência na distribuição dos seus produtos.

Pensando nisso, neste post serão explicados, o conceito de roteirização, os seus benefícios, seus tipos e modo de implementação, para que você não tenha mais nenhuma dúvida sobre assunto. Vamos conferir?

1. O que é roteirização de entregas?

A roteirização de entrega é um modo de otimização do planejamento logístico por um período determinado, considerando fatores como a frota, o tipo de mercadoria, a quantidade de entregas e coletas e, até mesmo, as condições do trânsito de cada rota.

2. Quais os benefícios de um sistema de roteirização de entregas?

A roteirização de entregas pode ser feita por meio de um software especializado nesse processo. O uso desse tipo de sistema gera uma série de benefícios que garantem ainda maior eficiência no seu planejamento. Veja algumas das vantagens do seu uso:

  • mais rotas planejadas por meio do sistema;
  • menos tempo investido no planejamento e na execução das rotas;
  • possibilidade de integração com um software de gestão de clientes;
  • mais conectividade com o motorista e melhor controle da frota.

3. Como diferenciar os tipos da roteirização?

Além do sistema de roteirização de entrega, ainda existem algumas técnicas diferenciadas que podem ser aplicadas na realização do processo de acordo com s necessidades de cada evento logístico.

A separação de entregas pode ser feita manualmente pelo próprio motorista, classificando as entregar por CEP. Outro modo de se fazer isso é por meio da separação semiautomática, feita por meio de um software com uma base de dados de CEPs cadastrados.

Também é possível se utilizar a técnica de separação e roteirização semiautomática em que um profissional faz a seleção do que será entregue em cada veículo e o sistema finaliza criando as rotas.  E há ainda, a possibilidade da criação do roteiro de modo totalmente automatizado por meio do sistema.

4. Quando se deve optar pela implementação da roteirização?

O ideal é que se utilize a ferramenta desde o início das operações de distribuição de mercadorias, evitando assim, que erros venham a acontecer, levando a prejuízos não apenas financeiros, ms principalmente para a reputação da sua distribuidora.

5. Como implantar a roteirização de entregas?

Para a implementação da roteirização de entregas alguns aspectos importantes devem ser observados. Seguindo os passos a seguir você será capaz de começar a usar esse recurso com eficiência:

  • analise o percurso necessário para que todas as entregas sejam realizadas;
  • estude as condições de tráfego ao longo deste percurso;
  • faça a projeção de gastos para que o percurso seja concluído;
  • estude as entregas que precisam ser feitas em todos os seus aspectos, como o tipo de produto, suas dimensões e peso, o local para onde irão etc.;
  • com todas essas variáveis em mãos, defina a melhor rota e horário de entrega.

Conclusão

Manter uma boa logística de entrega é fundamental para a manutenção da reputação da sua distribuidora, assim como, para o bom relacionamento com o cliente. Por isso, adotar o uso da roteirização de entregas é uma excelente maneira de garantir que isso aconteça.

E agora que você já sabe como cuidar da logístia de entrega da sua distribuidora que tal baixar o infográfico com dicas de armazenamento para distribuidores?

Confira mais